MPB nas Escolas
Kit MPB nas Escolas

O Kit MPB nas Escolas

  1. Pastas didáticas, contendo um CD com gravações históricas e cartazes que remetem aos seguintes segmentos estrategicamente estudados pelo ICCA como o melhor maneira, do ponto de vista didático, de transmitir a história da mpb e sua importância na formação cultural do Brasil:
    • Cronologia da MPB;
    • A sedução do choro;
    • O samba dos bambas;
    • A diversidade do regional;
    • Os 50 anos da bossa nova;
    • Febre dos festivais: debate sobre MPB.
  2. Seis livretos ilustrados contendo o desenvolvimento das informações históricas (abordados nos seis cartazes/posters acima) em linguagem adaptada aos jovens, bem como os principais verbetes individualizados, de cada um desses “segmentos estratégicos” da história da MPB. Cada livreto terá em torno de 50 a 60 páginas.
  3. Seis DVDs – curtas metragens com cerca de 15 a 20 minutos cada um – material contendo histórico de cada um dos nossos seis “segmentos estratégicos” acima expostos. Cada DVD será estruturado em forma de aula prática, com interferência direta de especialistas notórios na matéria.

Músicas do Kit MPB nas Escolas

Escute alguns trechos das músicas que compõem o CD do MPB nas Escolas. Leia as letras do encarte.

Interatividade

Interatividade

Espaço para discutirmos e compartilharmos idéias sobre a MPB. A cada mês um novo tema. Neste mês A Formação da MPB! Clique agora e comece a participar!

Projeto MBP nas Escolas é adotado no Rio de Janeiro

O projeto “Música Popular Brasileira nas Escolas” é acalentado pelo Instituto Cultural Cravo Albin desde a sua fundação. Seu principal objetivo é estimular o gosto das crianças brasileiras pela história da MPB, seus grandes vultos, seus principais ritmos e suas origens.

Com esta iniciativa o ICCA pretende, além de estimular o processo educativo por meio da música como mais uma alternativa para o desenvolvimento das crianças e adolescentes e como uma ação sócio-educativa, inserir as definições históricas da MPB no projeto pedagógico das escolas, colaborando com a diminuição da violência e com o aflorar da sensibilidade e do interesse pelas raízes da nossa cultura popular.

Para isso o projeto visa motivar a criança e o jovem aproximando-o da sua realidade diária através desse saber, impregnado de significados. Será esse o caminho metodológico, no qual o aluno se reconhece como partícipe da construção de um conhecimento diferenciado e experimenta o sentimento de dignidade pessoal e social.